reflexo...

aban(dono),
sono da
consciência...

reflete
a essência
do abandona(dor)...

(comentário em Anarquia Poética)

Brinquedos

brinquedos
guardam
segredos,

junto com
nossos
medos

(comentário em Anarquia Poética)
para aliviar
a dor da menina
a escrita
é a morphina...

(comentário em Anarquia Poética)

Cada Uni(verso)

Cada mente
um (Uni)verso...

Cada medalha
um (Re)verso...

(se)mente

da
mente
tira
a mentira
(so)mente
com
a verdade.

Pindorama

cuidado
para que
a lama


não vire
cobertor
da fama

(final)mente...

após uma
vida inteira
de trabalho

o homem
pode cair
morto

na sua
ilha de
conforto.


Obra de Katia Baeta
amar... amar... amar...
amar... amar... amar...
amar... amar... amar...


até que um dia
seja verdadeiro,


até que
cada um
se entregue
por inteiro.
...............
resposta a saudade saudade saudade

cala o texto

na sala
o estudante
se cala

o exercício
de texto
vira cabresto

na falta
de amor
do (educa)dor

nova norma

Chega de parêntese,

Quero outra forma

de romper com a norma!

amargo mel

a semente do amor
no colo da serpente
causa dor

riso amargo
trago de fel
tempero com mel

da boca cheia
o coração fala

gélido e pálido
o amor se cala

se a matéria
é reflexo do interno

então estamos
todos no inferno

química ocêanica

meus pensamentos
são compostos de
química inorgânica,
têm forma oceânica.

não se dissolvem,
não se resolvem,
nem se comovem,

apenas se transformam,
com a força de
outro pensamento.

não são lineares,
talvez vulgares.

para guardá-los,
basta anotá-los

em um coração puro,
para quem sabe
no futuro,

sair de cima
do muro...

...........
(comentário em Anarquia Poética)

(Sono)lento...

e quem sabe o que
ela vai encontrar
do outro lado da ponte...
quem sabe lá esteja a fonte,
com o antídoto,
com o anti-tudo,

para acabar com o medo,
para revelar o segredo,
que se encontra dentro
lá no centro,
no meio do nada.

para isso saque sua espada,
e corte a cabeça dourada,
do dragão de vento,
que ainda está sonolento.
pois quando ele acordar,
na certa vai te devorar...
..............................................
(comentário (ins)pirado no texto de Anarquia Poética

rumo falso

no cadafalso
pé descalço


rumo à liberdade
tôsca verdade


confusão libertação
tribal sopro final

acende...

o sol apaga
o céu acende a noite

a saudade
feito açoite

traz lembrança
dos sonhos
da criança...

sóbrio...(?)

no alto da torre
o porre dorme
de braços abertos.

na noite enfim,
descansam
fígado e rim.


(sal)ário...

Agir
é
Necessário

Caso
Contrário

A Dor
é o
Salário

Sê(de)...

(vê)de


a sede pede


a rede cede


a água bebe


a sede seca

retrato

volátil
retrato
portátil

pensamentos
em
fragmentos

que
sentimentos
causam

e
movimentos
pausam

trigo



amigo

é

campo

de

trigo

+ ou - ?

"vemos do jeito que cremos.
cremos do jeito que compreendemos.
nem mais nem menos..."

Assim sem fim


quantos somos assim
nessa agonia sem fim?
de sonhos engaiolados
sufocando agoniados?

sair querendo
fugir gemendo
voar sonhando
agir realizando

(inspirado no texto amarelo canário de bira baeta)

Zen...

zen flechas
vem mechas

de amor contido
de calor sentido

na hora do toque
demora o choque

para surtir efeito
para tomar jeito

definir a forma
findar a (re)forma

seguir adiante
zen triunfante

(para o Arqueiro Zen)

LeUcdiz...?

cretA FieTa
cehgeui a
cnOculsão
de que o MnDuo
não mrcee
a leucdiz dos mues pnesamneots

pOr issO
sbuo ao mnote
para catar
cgomleus

ao redor...

olhando
ao redor

não sei
o que é pior

se a ausência
de amor

ou a presença
da dor

Nexo...?

de reflexo
sem nexo

por todo lado
estou cercado

muita imagem
pura viagem

sem significado
controlado

um dia hei...

na porta,

a letra morta
me faz perceber,

que um dia
hei de morrer.

e mesmo morto
continuo torto,

cavando
na sepultura,

em busca
da cura.

É apenas...

A realidade é apenas
Uma ilusão às avessas!

E quem anda às pressas,
Talvez,

Veja o que não seja,
Ou, seja o que não veja.

Amar é...

Conversar por horas à fio

Sem encurtar o pavio...

muda eterna

essa (in)constância

da eterna mudança,

é a única certeza...

na dúvida mora a beleza.


nas saudades daquilo que nunca vivi...

eu, na verdade, nunca (d)existi...

(comentário em Anarqui Poética)

Se eu fosse uma cor...




seria da cor do amor...

mesmo que houvesse dor...

pois mesmo dolorido

o amor é colorido...
Não permane(SER)
é o caminho
para o aconte(SER)...

Mesmo que não me vá,
estou lá...

Mesmo estando lá,
Também estou aqui...

Mesmo sen(TI)
Estou con(TI)go...

No olhar


em cada momento
uma sentença

em cada cabeça
uma desavença...

o coração endurece,
a razão prevalece...

no olhar da criança,
será que há esperança?

sentimento labirinto

o sentimento
corre lento

no labirinto
d'alma...

nem o amor
acalma

um coração
desesperado...

morto não...

o morto corpo
não reage
ao sopro do vento

só o alento d'alma
faz da vida calma
uma obra de arte

eterno criar...

observação

reflexão

ação

transformação

êxito.

julgamento...

cada um tem
dentro de si

um juiz
e um advogado

um inocente
e um culpado.

se aprende...

no instante
em ke a amante

se defende
ela aprende

ke no
inferno

o amor é
eterno.

só um

a traça
traça

mas não
traça

um úniko
traço

almas frias

pelas ruas
almas nuas

palavras vazias
emoções frias

não no estrume

o vagalume
não pousa
no estrume

não se atreva...

escreva, 
mas não se atreva a dizer mentira, 
se não queres que te fira,

a lâmina das palavras 
com que lavras o teu próprio testamento ...

(r)evolução

viver cada dia
em estado de graça

é o caminho para
a evolução da raça

não virar...

nossas diferenças
não precisam
virar desavenças...

Lei Nossa...

quanto maior
o número de leis

mais ignorante é
nossa sociedade...

komo?

komo viver sem ter
komo ter sem viver

komo saber sem ver
komo ver sem saber

komo saber sem viver
komo saber sem ter

komo fazer para ter
komo ter para fazer

komo viver
sem ter o ke fazer

komo fazer
para viver sem ter

apenas SER
apenas VER
apenas (VI)VER

komo FAZER
para TER
komo VIVER?

transmutar

escrever,
para aliviar a dor,
para falar de amor.

esquecer,
para viver o agora,
para seguir embora,

sem olhar pra trás,
para seguir em paz

Quanto

Quanto Pior Melhor
Esse é o refrão da nossa sociedade

Melhor para o consumo
Quanto pior for a qualidade

obrigação

senhores governantes,
boa administração
não é virtude,
é obrigação!

afinal,
porque gostam tanto
de estar
no poder?
para sua ganância
satisfazer

porke suas
promessas de kampanha
não viram
kompromissos de mandato?

porke só kerem
viver na manha
e ainda
alkançar o estrelato

o que era regra
hoje virou excessão
e vocês vivem
sugando dos kofres da nação

ser honesto
virou desvantagem
o negócio agora
é viver fazendo chantagem
não se expor
é o maior perigo...

é deixar de konhecer
kem pode vir a ser

um grande amigo...

cikatrizes

meretrizes

são
atrizes

kometem
deslizes

têm suas
próprias
diretrizes

suportam
várias
krises

será
ke são
felizes?

há ke parece...

há momentos
em ke tudo
parece
fazer
sentido

já em outros
me sinto
kompletamente
perdido

Obra de arte


"A Beleza é a maior obra de arte da Natureza."

kuando?

kuando
a mente
sentir

e o koração
pensar

seremos

kapazes
de ouvir

o universo
pulsar

akontece enkuanto...

"a vida é o ke akontece enkuanto estamos okupados inventando deskulpas."

(da letra de uma músika, não lembro kual...)

juventude vergonhosa!

"juventude ociosa
velhice vergonhosa."

(provérbio oriental)

impugnantes


Discursos alienantes
Governantes inoperantes
Seres repugnantes

Atos ultrajantes
Salários gigantes
Obras minguantes

Eleitores não atuantes
Tudo como dantes
No quartel de Abrantes


A eskrita kontinua, mesmo sem noite de lua...

Pensar é estar

Pensar nos amigos é o mesmo ke estar kom eles.

início...

edifício

início

do frontispício

para o precipício

no hospício

é a mesma força

a euforia que fascina é a mesma força que aprisiona e elimina.

apenas perde

Quem vê apenas a aparência, perde a oportunidade de conhecer a essência.

faz logo amor...

quem só vê
o lado de fora

faz o amor
logo ir embora

manera a fera

manera
a paquera
galera

a paixão
é quimera

mas é
fêmea
fera.

Criamos marginalidade

criamos uma sociedade
que fragmenta nossa criatividade

estimula a competitivade
fomenta a agressividade

limita nossa capacidade
exige máxima produtividade

causa ansiedade
e gera marginalidade

como pode
haver felicidade?

alkançamos o ke buskamos

buskamos

evolução
teknológika

alkançamos

destruição
psikológika

(per)feitos (de)feitos

para todos
os (e)feitos

o (pre)feito
é (per)feito

com todos os
seus (de)feitos.

toda própria...

todo amante do poder
é governado pela própria frakeza.

o amante da sociedade

o amante da verdade
governa bem a sociedade.

excesso de amizade

"excesso de intimidade
prejudica a amizade."

lá e ká...

o pássaro
Azul
viajou
para o
Sul.

chegando lá
sentiu
saudades
de ká.

ká e lá...

o pássaro
Sul
voltou
para o
Azul.

chegando ká
sentiu
saudades
de lá.

Deskruza os passos

Deskruza
Os braços

Para não
Trokar
Os passos.
"Criamos uma sociedade onde tudo tem um preço
e poucas coisas têm realmente valor."

(Jacques Cousteau)

há que

para atingir o céu
há que limpar o inferno

num processo interno
de polir o anel

sem...

à lua nua
sem pudor

declaro
meu amor

cedo...

não
cedo
ao medo.

quem
tem
medo

desiste
cedo.

a causa que afaga

somos

a causa
da praga,

da miséria
que afaga

as asas
da morte.

despertar...


cada
um de s

é a chave

para despertar

o arco-íris

no coração

do próximo.

nada em tudo...

tudo para falar ...
nada para dizer...

agora já posso...

caçar imagens
congelar passagens

amostragens soturnas
de viagens noturnas

caminhadas sem rumo
para encontrar um prumo

mas só vejo
além do Alentejo

e de repente
na minha frente

uma cena bela
me atropela

se acalma
minh'alma

agora
já posso ir embora...

retinas

máquinas traquinas

queimam retinas

quebram esquinas

sufocam meninas

em amargas rotinas

voci(fera)

quimera efêmera

fera e fêmea

tempera o tempo

vocifera o vento

navega a (nu)vem

n(amor)a o amor

sos(segaa dor

se vem o calor

nada no rio

apaga o pavio

vence o calafrio

enfeite...

aproveite

se (de)leite
use enfeite

mas não se deite,
sem antes rezar.

Quando...

se copia
poesia,

é bom manter
a simetria,

pra não perder
(a) harmonia,

e também
a emoção,

de quem'screveu
com o coração.

Relicário...

amor

imaginário
senhor

depositário
da flor

relicário
da dor...

O Poder do Pensamento

"Reconhecer o poder criador do pensamento e depois disciplinar-se o bastante para concentrar-se apenas no que é mais elevado tanto para o indivíduo quanto para as massas, é ajudar a criar o futuro da Humanidade. Isso requer o casamento de Coração e Mente, onde "A Verdadeira Inteligência é a capacidade da mente respeitar a Sabedoria do coração." (citação no livro Viver de Luz, pág. 173)

Não?

Não há injustiça,
Somos todos vítimas,
De nossa própria ignorância.

É...

A razão é um microscópio,

A emoção é um telescópio.

A razão diseca,

A emoção sapeca.

Se for, vou...

Se vou pro céu,
Kero ir de chapéu.

Se for pro inferno,
Kero ir de terno.

Se for pra eskola,
Só pra jogar bola.

Se vou à praia,
Visto meu kilt,

E a gaita eskocesa
Vai junto komigo.

Do sol me abrigo,
Usando o chapéu,
Ke vou levar pro céu.

(pre)mente...

A mente se (re)sente,
Porke não sente.

O koração perde a razão,
Porke (pre)sente.

Mas não mente...

ke sonho?

Tornar Real o Sonho,
É o ke proponho.

koração só...

Koração duro,
Só levanta muro.
O amor liberta
A paixão aperta

O amor é altruísta
A paixão é manobrista

O amor só toca
A paixão sufoca

O amor é um violão
A paixão viola

O amor é um pássaro
A paixão uma gaiola

Até que alguém...

Clara é a noite de lua,

Escuro é o dia na rua.

Realidade crua,

Minha, sua, nossa.

Até que alguém possa,

Nos tirar dessa fossa.

Até que alguém faça,

No peito e na raça,

O que deve ser feito.

Com afeto e respeito.

Mas o que dever ser feito?

Onde está a resposta?

Vamos fazer uma aposta?

Que ninguém quer saber,

Que ninguém quer fazer,

O que deve ser feito?

Cotidiano...

Cotidiano insano, mano!
Todo mundo a flor da pele,
Todo mundo se repele!

Espera aí,
Sabe por quê?
Sabe pra quê?
Eu trabalho feito loco,
E vivo sempre no sufoco!

O mês inteiro me estressando por dinheiro,
E no dia do pagamento,
É sempre um constrangimento...
A minha grana só dura uma semana...
Daí começo tudo de novo!
Espera aí meu povo!

Que liberdade é essa?
Todo mundo com pressa!
pedestre, ciclista, e motorista!
Todo mundo egoísta!
Todos correndo pra nenhum lugar!
Onde isso tudo vai parar?

Cotidiano insano mano!
Todo mundo a flor da pele,
Todo mundo se repele...


Sei(?)...

Depois de entrar pra faculdade,
Que dificuldade,
Para manter a humildade,
Quando pego meu diploma...

Agora sou doutor,
Com licença meu senhor,
Mas pra tratar da sua dor,
Tem que ter hora marcada!
Atendimento na calçada
Não vai dar para fazer...

Sei que fiz um juramento,
De trabalhar com sentimento,
Mas pra tirar o investimento do financiamento,
Eu tenho que lhe cobrar...

Hipócrates,
Sócrates,
Hipócritas!!!
Quem percebe a diferença,
Diante de tanta crença,
No poder do terapeuta? (do advogado, ou do delegado...)

Agora sem ressentimento,
Elevando o pensamento,
Isso tudo pode mudar,
É só de volta colocar,
O SER humano,
Em primeiro plano!

Céu e Inferno,
É tudo interno.
Como fazer
Para acessar essa Verdade,
Que na realidade,
Nossa civilização
Faz questão de ignorar?

insônios neurônios...

em certa hora,
há ke se ir embora.

pode ser
agora,

mas lá fora
a luz da aurora
se faz anunciar.

e eu sozinho
a navegar,

pelos mares
destes lugares,

virtuais
mas tão reais,

tais kuays
meus neurônios,

kansados,
mas insônios,

feito
demônios,

ke não kerem
se entregar,

ao deus
morpheus,
para voar,

e nos sonhos
se dissipar...

A lagartixa...

A lagartixa
mete ficha,

comendo
inseto
no teto...

fez a foto...

A libÉlula
é uMa célulA
Ke ainda não
Fez a
fotoSíntese...

tonta...

A bAraTa
kaiU da latA,

e Kebrou
a pAta...

pensamentos

enkuanto
kaminho,

pensamentos
saem do ninho...

tira...

O excesso de zelo

Tira do couro o pêlo.

Fio da Senda

Kada dia
É uma batalha,

Na senda
Do fio da navalha.

Simples assim...

Dar e receber
São faces
Da mesma moeda

E para evitar a queda
É necessário que nos doemos
Senão perecemos

Para equilibrar
O Círculo da Vida,
E escapar da descida

Há que plantar uma flor
E cultivar o Amor

Simples assim
Para evitar o fim

Presença

Hoje vi Deus numa flor,
E senti a presença do Amor.

Meu coração vibrou tão forte,
Que superei o medo da morte.

Toda bela

Toda bela viola é ôca.

Queremos?

Quanto mais
a mosca esperneia,

mais fica
presa na teia.

E a aranha,
cheia de artimanha,

vai se aproximando,
e os fios apertando.

É assim que vivemos,
mas não percebemos,

e nem queremos...

Prâna...

De costas para o Sol,
Olha para o Céu,

No vazio do Anil
Limpa tua mente,

E de forma consciente,
Absorve o Sopro da Vida.

Aki lá fora...

O medo é uma lente de aumento,
Ke só kausa sofrimento.

Desde cedo supera teu medo,
E te ampara no Amor,
Ke protege da dor.

A Eternidade é Aki e Agora,
Não há Nada lá fora.

Todo Ser vivo tem sua função,
Na Teia da Vida nada surge em vão.

Do simples ao komplexo,
Tudo tem seu nexo.

No Aki e Agora está o poder
De transformar nosso SER.

Koncentrar-se nakilo ke é verdadeiro,
Eis o kaminho do guerreiro.

Este é o kaminho do Real:
O Amor Inkondicional.

só vendo

Noite de lua,
Caminho na rua.

Vejo um rato,
Lhe atiro um gato.

Não acerto,
Mas passo perto.

Ele sai correndo,
Fico só vendo.

O rato some no esgoto,
O gato corre pro mato.

Sigo sozinho,
E no caminho,

Atravesso um espelho,
Recebo um conselho:

- Foge pro mato, que lá vem o gato!
Agora você é o rato!
Observa
o que te
Absorve...
O Amor
É uma luz que expande,
E torna o coração grande.

fome de quê?

seja breve,

mas fale
seu nome,

senão eu
faço greve

de fome...

Nada mais..

Tudo me afeta,

Nada me atinge.

Sofre mais,

Todo aquele

Que finge...

(A)tormenta...

"A tormenta costura a vestimenta."

não há nada...

"A eternidade

É Aqui e Agora,

Não há nada

Lá fora..."

Vá de trem...

"Enquanto o Amor não vem,
Vá passear de trem..."

Lumiterna

O Conhecimento

é a lanterna

Para iluminar

a Caverna.

Mesmo assim...

Procuro longe,
Quero ser monge.

Porém,
A Verdade só vem,

Se olho pra dentro de mim.
E mesmo assim,

Só encontro dor,
Se não sinto Amor.

Vai gira volta

Não há demora
Quando não há espera...

O tempo não passa,
É o espaço que muda.

A Vida é eterna...

Tudo vai,
Tudo gira,
Tudo volta,

E ao mesmo tempo
Não sai do lugar...

Basta pensar,
Basta sentir,

E criamos
tudo que anelamos...

Tudo que há fora,
é tudo que há dentro...

Basta olhar
para o centro...

Será (?)

A coruja acordou e pensou:

- Será que sonhei? Não sei!
- Mesmo assim, até o fim:
- Piu! Piu! Te amo!(?)

Metamorfosis

O cachorro latiu,
A borboleta não ouviu.
Mas respondeu
E partiu...

A borboleta voltou,
O cachorro não viu,
Mas gostou,
E sorriu!
Que a vontade de amar
Supere o medo de se doar e sofrer...

A Beleza é eterna. A forma é efêmera...

Eu Sou o que Eu Sou... I am what I am...

Minha foto

"Quem somos nós? Só convivendo para saber. A Verdade se descortina a cada momento e a cada encontro surgem novos caminhos."