frontinárias

as fronteiras, 
sempre 
as barreiras 
imaginárias 
a causar
separação.

Um comentário:

Rubens da Cunha disse...

adorei o título e o poema, daria um bom título de livro

olha, estamos fazendo uma campanha de divulgação e aumento dos seguidores do blog www.poetasnosingular.blogspot.com e do site www.poetasnosingular.com.br.
Se vc tem o hábito de seguir blogs, dê uma passada por lá e nos siga...
O caminho é bem poético, posso garantir :)

Abraços
Rubens

Eu Sou o que Eu Sou... I am what I am...

Minha foto

"Quem somos nós? Só convivendo para saber. A Verdade se descortina a cada momento e a cada encontro surgem novos caminhos."